A importância da troca das velas de ignição no prazo correto

O aumento do consumo de combustível é o principal sinal de que há desgaste nas velas de ignição do carro. Quando isso ocorre, o reparador mecânico é o profissional mais indicado para realizar a troca ou a regulagem. A função do motorista é apenas ficar atento ao prazo de troca da peça.

O carro passa a consumir mais combustível porque necessita injetar mais combustível na câmara de combustão para manter a mesma intensidade de queima, já que a vela não está trabalhando de forma eficiente. Isso ocorre porque, como todos os outros componentes do carro, elas sofrem do desgaste natural devido ao tempo de uso, já que cada centelha produzida vai desgastando a ponta da vela (eletrodo).

velas-ignicao

O aconselhado é que as velas sejam analisadas a cada 10 mil km, mas o período de troca varia de 40 a 50 mil km. Não se pode utilizar velas esteticamente parecidas sem consultar o manual do proprietário do veículo porque os componentes internos são diferentes e a vela errada pode causar danos sérios ao motor. Por isso, veja qual é a vela recomendada pelo fabricante do carro.

O mecânico deve observar se a vela necessitará de ajustes. Talvez seja preciso usar o calibrador para ajustar a distância entre o eletrodo central da vela e o braço metálico. O reparador deve retirar os cabos de vela, limpar bem a região para que não caia nenhuma sujeira dentro do motor, com uma chave de vela deve encaixar bem o terminal e soltá-lo em sentido anti-horário. O mecânico não deve forçar muito ao girar a rosca com a ferramenta para não danificar o componente e a rosca do alojamento da vela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.