Carro ou Moto? Dicas na hora de escolher o seu veículo ideal

carro ou moto dicas na hora de escolher seu veículo

Essa é uma dúvida que acompanha muita gente quando pensa em comprar um veículo. Por um lado temos a moto que é mais econômica, dá mais liberdade no trânsito, estimula o perfil de liberdade e aventureiro. Por outro lado temos o carro que transporta mais pessoas, é ótimo para carregar malas, carrinho de criança, protege melhor na chuva.

Até aqui já deu para entender que ambos têm qualidades e defeitos de acordo com o dia e a necessidade de cada um, por isso quem gosta tanto de carro como de moto às vezes tem muitas duvidas em qual escolher. Há que possui os dois, só que não é privilégio de todos, ou melhor, da grande maioria que precisa optar na hora de comprar entre um ou outro.

Vamos tentar ajudar destacando as principais qualidades e diferenças de carros e motos, talvez assim você tenha mais base para chegar a uma conclusão que atenda seu gosto e facilite na tomada de decisão.

Para quem optar por um Carro

Muito bom para uma longa viagem com a família, pois pode levar além de mais pessoas mais bagagem se comparado com uma moto. Na questão de equilíbrio, é interessante para pessoas que não se sentem seguram em andar de bicicleta nas ruas onde há muita circulação de carros, esse já é um indício de que o perfil indica que deve escolher o carro, a menos que goste muito de motos e entre para um programa de superação de fobias, para adquirir confiança.

Para quem optar por uma Moto

Comprar uma boa moto não significa que precise ser a mais cara, tem modelos para todos os gostos, então quando pensar em design, esse é um tema que não interfere na capacidade e potencia, pois tem motos muito bonitas de 150 e 250 cilindradas que atendem aos melhores padrões de estilo.

No fator segurança, que é o motivo que mais gera dúvida entre carro e moto, saiba que uma moto pode ser tão segura quanto o carro, a diferença está nas observâncias das condições da estrada ou ruas, usar os componentes de segurança como capacete e fazer manutenção periódica, sem ignorar as normas de trânsito.

Muita gente fala sobre o tombo, que de moto a queda é certa. Claro que como a moto só tem duas rodas, o desequilíbrio diante de uma batida é maior, mas quem aprende a respeitar as Leis e não saí por aí como super homem, consegue evitar a maioria dos acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.