Microsoft admite fracasso do Zune

Um alto executivo da Microsoft afirmou durante evento nos Estados Unidos que se pudesse voltar no tempo jamais teria permitido o lançamento do player Zune no mercado.

Segundo Robbie Bach, diretor responsável pelo Zune em 2006, o mercado de música portátil já se encerrou e estava em fase terminal quando a Microsoft lançou seu dispositivo.

Player Zune, da Microsoft
Player Zune, da Microsoft

O player Zune foi lançado pela Microsoft em 2006, cinco anos após a entrada da Apple no mercado de música digital com o iPod. O dispositivo foi descontinuado pela empresa no final de 2011.

“A indústria da música não entendeu o conceito. Eles se viciaram na droga que a Apple estava fornecendo”, criticou Bach ao se referir à dependência do mercado fonográfico ao padrão da Apple.

O executivo afirmou que gostaria de ter disponibilizado o software do Zune para a equipe do Windows Mobile para que o serviço de música se tornasse parte dos aparelhos celulares. Atualmente a integração com o Zune ocorre nos dispositivos Windows Phone.

Além do foco da indústria no iPod, Bach também acredita que a escolha da divulgação do Zune foi bastante confusa e a falha em disponibilizar o player para outros lugares fora dos Estados Unidos foram fatores determinantes para o fracasso do Zune.

Atualmente a Microsoft está simplificando e canalizando seus esforços no Xbox como uma plataforma de entretenimento e também pretende lançar ainda este ano um novo serviço de música digital chamado Woodstock.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.