O gato e o Portuga

O português estava de saco cheio do gato da Maria, sua mulher.
Então, num belo dia de sol, pegou o bichano, pôs num saco, amarrou a boca, pôs no porta-malas do carro, andou 20 quadras, largou o saco lá.

Quando voltou, o gato estava na porta de casa. Irritado, o português repetiu a operação, andou 40 quadras e largou o saco lá. Quando voltou, o gato estava novamente na porta de casa. Enfurecido, repetiu a operação, andou 20 quadras à frente, 30 pra esquerda, 40 pra direita, 10 pra baixo, 32 pra cima…

– Agora eu quero ver!, disse o portuga.

Passaram uns cinco minutos, ele ligou pra casa e a mulher atendeu:

– Maria, o gato tá aí?

– Ele acabou de chegar, por quê?

– Põe este filho da puta no telefone porque eu tô perdido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.