Papagaio batizado

Uma freira sempre quis ter um animalzinho. Um dia ela conseguiu comprar um papagaio e deixou no apartamento de sua amiga. Ela deixou o papagaio perto da janela, de onde ele observa tudo que acontece na rua.

Um belo dia começa a chover e um cara grita lá da rua:

– Vixi, que água do cacete.

Algum tempo depois uma égua parou na frente de um carro, o dono do carro furioso disse:

– Mete o dedo no cú dessa égua que ela se levanta num instante.

A freira tinha enchido tanto o padre, que o padre resolveu batizar o papagaio. Na cerimônia, quando o padre jogou a água benta, o papagaio falou:

– Vixi, que água do cacete.

Quando o papagaio falou isso a freira desmaiou, e o papagaio soltou:

– Mete o dedo no cú dessa égua que ela se levanta num instante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.