Prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, visita a Renault e testa veículos elétricos

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, realizou ontem uma visita à Renault do Brasil acompanhado do presidente da Companhia de Urbanização e Saneamento de Curitiba (URBS), Roberto Gregório. Ambos foram recebidos pelo presidente da Renault, Olivier Murguet, e, além de realizarem uma visita às instalações do Complexo Ayrton Senna, puderam também testar veículos elétricos da gama Renault ZE (zero emissão).

Prefeito de Curitiba conhece carros elétricos na fábrica da Renault
Prefeito de Curitiba conhece carros elétricos na fábrica da Renault

Os modelos utilizados no teste foram o Zoe, um hatch de quatro lugares, e o Twizy, para dois ocupantes. Ambos fazem parte da gama Renault ZE, que lidera o segmento de veículos elétricos do mercado europeu, e do qual fazem parte ainda os modelos Fluence e Kangoo. O tema mobilidade acabou dominando o encontro, em especial o uso de veículos zero emissão, evoluindo para criação de grupos de estudos sobre mobilidade urbana com baixo impacto ambiental.

“A Renault está na vanguarda em veículos zero emissão, sendo a única montadora a oferecer uma gama completa de veículos elétricos no mercado. Estamos totalmente abertos a contribuir com a cidade de Curitiba e com o Paraná, em tudo que se refira a mobilidade sustentável”, observou Olivier Murguet.

Na oportunidade, o prefeito também visitou as instalações do Complexo Ayrton Senna, que teve sua capacidade de produção recentemente ampliada de 280.000 para 380.000 veículos por ano, mediante investimentos de R$ 500 milhões. Hoje, a Renault gera 6,5 mil empregos diretos (e prepara novas contratações) e gera outros 25 mil postos indiretos só no Paraná.

Prefeito de Curitiba conhece carros elétricos na fábrica da Renault
Prefeito de Curitiba conhece carros elétricos na fábrica da Renault

Aliança Renault-Nissan e os veículos elétricos

Além de centrar esforços na produção de veículos com motores mais eficientes, a Aliança Renault-Nissan atua em outra importante frente: produzir carros que dispensam o uso de combustíveis fósseis, como gasolina e diesel. Para isso está investindo 4 bilhões de euros. Neste contexto, os veículos elétricos deixaram de ser coisa do futuro para se tornar uma realidade.

Em 2012, as vendas mundiais de veículos zero emissão da Aliança Renault-Nissan atingiram 43.829 unidades, uma alta de 83,8% em relação a 2011. Juntas, as marcas já comercializaram mais de 100 mil veículos elétricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.